Sobre

nasci de olhos abertos mas não enxergo nada de longe. só entendo braille. tenho que me aproximar, tocar… sentir cada poro pra poder ver… mas como aproximar-se é arriscado prefiro ficar por aqui…

apaixonada por arte, sexo e literatura… e na mesma proporção por beijos, blues e filosofia, me construo nesse beco de mil saídas… e se lacan estava certo e a verdade sobre si mesmo só pode ser dita na ficção, aqui me desvendo, nessa terapia das palavras… histórias reais, baseadas em fatos fictícios e assim vou gastando vida, me achando e me jogando…

mas não adianta procurar, termino em labirinto! odeio letras maiúsculas, adoro pedir perdão… o resto é por sua conta!