Pedestal

Ele disse que vou ficar velha, e então ficarei feia e por fim nenhum homem vai me querer.

Me esforço pra tentar entender porque os homens pensam que é ruim ficar sem eles. Que é ruim envelhecer ou ficar “feia”. Que ser solteira é um martírio. Me parece tão precário. Medieval. Arrogante. Estreito.

Acordo na hora que quero, tenho a cama toda pra me espreguiçar. Banheiro livre, sempre. Tudo fica onde deixo. Sem roupas pelo chão, nem pontas de cigarro. Peço pizza quando quero comer pizza. Peço sushi quando quero sushi. Não cozinho. Não lavo e não passo. Vou para onde quero. Viajo. Durmo com quem quero. Escuto blues dia e noite, sem ouvir reclamações. Leio todos os dias e assisto todos os filmes que quero. Decido e faço, sem negociação, sem imposições, vivo sem discussões, sem chateação, sem desentendimentos. Bueno… é a vida como quero. Pode existir algo mais tentador? É um luxo. Leve. Amplo. Honesto.

Não tenho mais espaço na minha vida. Não quero você, não quero ninguém. Quero ficar velha em paz. Feliz sozinha. E abandonar a beleza da juventude sem o mínimo pudor de não agradar mais os homens.

Quero viver pra mim, exatamente como é hoje. Desista. Esqueça. Sua praga de velha-feia-sozinha é meu pedestal! Boa noite e boa sorte.

2 comentários em “Pedestal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s