Sartre mente, todos mentimos

Pessoas aparentemente normais se tornam psicopatas diante do amor, foi Bukowski que disse, não com essas palavras mas tentando mostrar o quanto o envolvimento amoroso imbeciliza as pessoas, desorienta, tira a paz, o sono… o que tampouco é original porque esse mapa todo foi desenhado pelos estóicos lá atrás bem antes de Cristo… e Platão e Schoppenhauer e Sartre e mais incontáveis poetas e escritores estão nos alertando pra toda esse fudeção das paixões há séculos mas a alma humana parece blindada aos alertas, quer se dilacerar, precisa desse ópio.

Será que é preciso amar pra viver? É condição pra existência humana esse veneno que é a paixão?

Me parece que alguns poucos se salvam, aqueles que se trancam nos mosteiros, nos conventos… ou nem eles… porque talvez também busquem uma paixão nos céus… mentem pra si mesmos.

Sartre escreveu e assinou embaixo:

Eu sei. Eu sei que nunca mais encontrarei nada nem ninguém que me inspire uma paixão. Você sabe, não é tarefa fácil amar alguém. É preciso ter uma energia, uma generosidade, uma cegueira. Há até um momento, bem no início, em que é preciso saltar por cima de um precipício: se refletirmos, não o fazemos.
Sei que nunca mais saltarei…

Mas nem A Náusea o impediu de saltar de novo…Sartre mentiu. Como cada um de nós mentimos quando desejamos não amar mais.

Um amigo, escritor e poeta, sempre me diz que o amor é condição pra existência humana… aí esqueço Sartre, afinal é só uma náusea, e lembro de Schopenhauer dizendo que a essência da existencia é o sofrimento… é de se concluir o óbvio?

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s