Me transplanto

Fui feliz no amor e tive sorte no jogo… mas acho que a vida cansou… foi um dobrar de esquina e o feitiço acabou! Não existe hoje no mundo criatura mais normal que eu…

Acabaram os mistérios, a magia, os sonhos… me transplanto num corpo que levanta e segue… apático, apátrida, amorfo… antes só do que mal acompanhado, para ser bem clichê à altura da gente normal…

Ás vezes até esqueço de apagar a luz, quase nao percebo a diferença de dormir no escuro ou no claro, tudo é igual.

Amanhã, dizem, será outro dia… não posso me permitir sonhar tão alto, a vida me esqueceu aqui nesse quarto. Mas quando ela se der conta e vier abrir a porta vou exigir todo meu dinheiro de volta!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s