O amor é uma criação

O amor é uma criação. Totalmente manipulável. Mas só quem se conhece profundamente pode fazer uso desse poder. Só quem amou muito e de todas as modalidades percebe que é possível fazer uso dessa força e não simplesmente ver as coisas acontecendo. Como funciona? Não existe formula, cada um pode se modular na frequência que […]

Leia mais O amor é uma criação

Nora de Deus

Sou nora de Deus. Casei-me com o universo. Não, ele não pediu. Ofereci minha alma em casamento. Agora sou dele como não fui de ninguém. De corpo e alma, assim bem clichê, me dei ao cosmos. Para que ele me possua de olhos bem abertos, para que assim veja minha indiferença diante do amor, para […]

Leia mais Nora de Deus

Escalada

Sei que é difícil entender a liberdade de que preciso. É uma modalidade um tanto quanto radical. Vem acompanhada de uma alta dose de solidão, e a era da conexão não decodifica essa mensagem… Sei que é difícil acomodar em outro canto, a vida que vivíamos e assumir uma nova. Sei que seu mundo não […]

Leia mais Escalada

Sedenta por cuspir esse sangue

Você foi aquele porre sem álcool. Aquela misericórdia maldita do pouco que sobrou de amor. Mas como bem disse, você foi, do verbo ir… e depois disso a vida se abriu como um talho na testa. As vezes ainda sinto o sangue escorrendo entre os olhos e quando chega a boca, não trago, sugo e […]

Leia mais Sedenta por cuspir esse sangue

Te devoram pelas bordas

Sou essa que inventei. Entre perdas e surtos construí essa banalidade que chamo publicamente de eu. Não me apresento mais a ninguém, não tenho o que oferecer, e nada do que me ofertam me serve. Cheguei no mais alto grau da antipatia introvertida. Sorriso na cara para abreviar o tempo de exposição, assim me livro […]

Leia mais Te devoram pelas bordas